26 de jan de 2010

News? Not really...

Yellow!

Então, não tenho muitas novidades, mas eu prometi escrever, né?

Hoje eu fiz brigadeiro, porque amanhã eu tenho que arrecadar dinheiro para um projeto da escola... Yay!?!? Acho que não, né?

Além disso, eu tive uma aulinha de um professor que não consegue parar de falar da maldita tese dele "conceito é interessante, porque é uma dificuldade que vocês vão ter quando estiverem escrevendo a tese de vocês, né? Assim, eu passei por isso com a MINHA tese blábláblábláblá..". Pelo menos não parece muito difícil, então tá valendo, né?

Eu preciso de um estágio, obrigatório para me formar aqui. Contudo, eu não tenho contatos e ainda não mexi a minha bunda para enviar currículos, preguicinha, néam? Alguém tem um super contato na ONU? OEA? Qualquer outra organização?

Hummmm estou sem fotos, mas assim que tiver eu coloco mais.

As coisas estão tranqüilas, só tive essa aula hoje, essa semana ainda não comeceu for real, então eu fico aqui batendo papo e dando voltinhas pra aproveitar o fim das promoções, né? Quem vê pensa que tá sobrando, né?

Acho que é isso por enquanto... Mas eu super quero novidades, porque eu estou aqui super sozinha e abandonada no skype.

Besos calientes dessas terras frias do norte,

Aline

22 de jan de 2010

REA!!!!



Hey hey!

Acabei de voltar de Stockhoml city!!!

Então, tava fazendo um frio espetacular por lá, mas eu consegui ver algumas coisinhas. Pra começar, ficamos ( eu e Luis) em um ex-presídio que virou albergue/hotel na ilha de Långholmen, que não é exatamente colada no centro, então só recomendo se for no verão...

O povo é super simpático e bem keep it real. Todo mundo fala inglês, todo mundo mesmo, da lojinha glamour ao restaurante "internacional" que serve tex mex, hambúrguer, azn food e café... Além disso, se você chega falando inglês ninguém fica ofendido do tipo "aai, vc não fala sueco, que absurdo!"

Muitas pessoas loiras, true, MAS, várias pessoas de cabelo pintado. Acho que se vc é sueco e a brand do seu país é ser loiro, a decepção de não nascer loiro deve ser tão grande que é preciso fazer algo a respeito.

A arquitetura da cidade me pareceu um pouco simples demais, até meio triste, apesar do uso constante de cores quentes e tons alaranjados pra tentar disfarçar a depressão do tempo cinza... Apesar disso, nas partes mais glam tinha alguns prédios interessantes e uma galeria suuuuper elite way que era muito bonita..

O museu Nobel é minúsculo.

Além dessas descrições básicas é preciso dizer qual é o grande lance da cidade: REA!!!!!
Não fosse pelas muitas lojas em Rea, eu estaria ferrada. Basicamente eu entrava e saía dessas lojas/galerias/shoppings porque estavam em REA e porque tinham aquecedor.

A dica é: vá no verão ou vá fully loaded.

Enfim, já voltei pra Paris e, claro, já tenho coisas pra fazer...

Continuo all day long no skype esperando pessoas legais que queiram falar comigo e, para as pessoas de SP, para me perdoar por não visitá-las no fim do ano...

Beijos enormes pra todos,

Aline

OBS: Fotos em breve, I'll do my best...


10 de jan de 2010

Em Parrí...

Oi geiteim,

Eu sei que no começo de semestre eu escrevo e depois eu paro, mas vocês tem que me amar como eu sou, right?

Enfim, já cheguei.

Está frio, com restos de neve suja nas ruas, coisas pra fazer se acumulando na minha mesa e o velho esquema de sempre.

Mas, contudo, todavia tem SOLDES!!! Todas as lojas estão em promoção!!! Eu só dei uma olhadinha muuito básica porque eu tenho que estudar para as provas, mas já estou me programando para cobrir as áreas mais importantes, avaliar e efetuar pagamentos nas regiões mais promissoras!

Sim, eu já estou com saudades de casa.
Sim, eu vou descascar mesmo não estando super jambo.
Sim, vou ficar azul de novo rapidinho.
Sim, eu trouxe o meu esmalte atrevida pra tentar manter a tropicalidade por aqui.
Sim, eu prometo mais uma vez mandar notícias com mais frequência.

Bisous, meus nobres,

Aline