30 de nov de 2008

Quem espera sempre alcança...



(fotenha em Londres acima)
Genteeeeeeeeee ...

Desculpa... Sério, eu realmente estava ocupada, não foi falta de vontade. Juro.

Bom, dito isso, aqui vão as atualizações...

Dublin... Chegamos, nosso hotal era super perto de onde o ônibus do aeroporto passa, de modo que foi rápido e prático.
Bom, hotel resume bem a idéia, né? Um banheiro no nosso quarto, carpete, toalhas limpinhas, tudo arrumadinho e bem cuidado.... Cheguei e morri. Dormi mointo porque eu estava exausta...

Mais tarde, escolhemos o TEMPLE BAR!!!! Gente, AMEEEEEEEEEEEEI!!! Foi muito divertido, os irlandeses dançavam muitas músicas típicas!!! Não, eles não são todos ruivos.... Nem tão bonitos quanto eu esperava... Mas são MUUUUITO simpáticos, sério... Diferente de todos os lugares ... 

Bom, no dia seguinte eu finalmente saí pra dar uma voltinha... A cidade é bonitinha. Não é nem de longe o glamour de Londres, por isso o lance das batatas foi por aqui, né? Mas é bem legal.. Várias coisas da Guiness por toda parte e talz...

Não, eu não vi a Marian Keyes... Eu juro que eu queria ficar de stalker na frente da casa dela, mas ninguém deixou....

Na última noite, escolhemos uma baladinha meio de prostituées, porque as bebidas eram baratas e o pessoal queria ficar tralálá... Bom, a idéia era sair de lá depois de um tempo para escolher um lugar menos trash, mas nem rolou, de modo que ficamos na Bondi Beach mesmo... 

Anyways... Voltei pra vida real, a.k.a. Poitiers e fiquei deprimida, mas no sábado...

SALAMANCA

Bom, apesar das maiúsculas não aproveitei tanto assim não, viu? Peguei gripe aviária logo no primeiro dia, de modo que eu perdi as baladenhas do começo e talz...

A cidade é MUITO linda mesmo, sério... Tudo é construído com tipo de pedra meio amarelada ... Tem várias coisas grandiosas e cheias de detalhes... A Plaza Mayor também é bem impressionante... Eu ainda não descarreguei as fotos da máquina, mas entrem no blog do André, porque tem algumas fotos da cidade. Besides, eu estava morrendo, de modo que nem bati taaaantas fotos assim... (http://www.minhavergonhaalheia.blogspot.com/)

Apesar da cidade ser maravilhosa, tem espanhóis lá, né... Sério, não conheço mais nada da Espanha, mas as pessoas dessa cidade em particular...

Bom, acontece que eles são MUITO sem educação... I mean, really... Uma mulher estava com um carrinho de bebê no Burger King... Ao invés de me pedir licença, ela bateu com o carrinho TRÊS vezes na minha perna e DEPOIS pediu licença com uma cara de que estava putinha... Isso é um exemplo... Vou deixar o melhor mais para o final...

Bom, enfim.. Teve umas palestras e talz, mas né... Manhã e talz... Sem contar que pablito aqui no habla mucho español, né?..... Tem vááárias fotos minhas. Eu estou babando em quase todas... Dormi mointo...

Apesar do frio, compensa sair de casa só pra ver a ZARA, que é a mais bonita da Europa, construída em um convento, eu acho.... Tem três andares e é absolutamente maravilhosa... I went crazy, mas acho que nem precisava falar, né? 

Bom, o albergue. Certo, 20 pessoas por quarto. Um banheiro. 

Sobre a grosseria dos espanhóis. Balada na quarta-feira em um  pub X. Vamos todos da Sciences Po. Música aleatória, pessoas meio mais ou menos. Eu, com toda a minha sorte, estava com dor de estômago por causa das altas doses de remédios pra gripe, de modo que tive que sair mais cedo, mas eis o que aconteceu...

O lugar começou a lotar, não parava de entrar gente. A Sil foi empurrada, mas como não tinha espaço para ela cair, ela meio que bateu e voltou e segurou no cara e e disse "calma". O cara empurrou ela com força. Nisso, vem a Dani e a Tzi Tzi e começam a discutir com o cara porque ele empurrou a Sil. O cara empurra as duas também e diz pra elas saírem da balada de "dele" aos berros. As meninas decidem reclamar com um cara da entrada, mas enquanto elas estão falando com ele chega o cara que, na verdade, era segurança da balada. Ele empurra a Dani no chão e diz um monte.. Que elas são imigrantes e blá blá blá... As meninas chamam a polícia. O cara diz que, na verdade, as meninas estavam brigando e que ele só estava separando.... Elas teriam que fazer exame pra poder dar queixa e tiveram que desistir... PUTA BOSTA.

Enfim, tirando essa parte meio negra....

Certo, agora o MELHOR BABADO EVER!!!!!



Bom, digam o que quiser da galerinha da scpo, but THEY KNOW HOW TO PARTY!!!
Yeah, that's right.. Sciences-potes gone wild!!!!

Não, eu não estava presente nessa festinha... Mas, aparentemente, eu estava em outra, muito mais caliente... Rumores de pessoas fizeram séquiço no quarto enquanto eu dormia... Legal, né?? Adoro coletividades....

Enfim... Desculpem a minha pessoa muy distinta pela demora do post e talz... Muchas coisas (chatas) going on..

Aproveitem as férias por mim... 

Milhões de beijos para todos, 










12 de nov de 2008

London calling, babe...

Gente!!!! 

Notícias! Novidades! Histórias que não envolvem kebab!!!

Bom, dia 08, sexta-feira.. Depois de ficar até 4h da manhã tentando socar minhas coisas em uma mochila (ai, o glamour da ryanair..), dormi até 
às 7h30... Cheguei correndo na Gare pra pegar o trem para La Rochelle...

Deu tudo certo, dei uma babada de leve no trem e, poucas horas depois, chegamos em La Rochelle. Momento bizarro: por causa do tempo seco e frio eu cortei a minha boca, que demorou DUAS HORAS para cicatrizar, gerando boatos do tipo: "Acho que a Aline é, na verdade uma trannie que é hemofílica, por isso ela não cicatriza depois de ter apanhado de uma mendigo (ou clochard, mto mais Glam..) em La Rochelle".. Boatos nonsense à parte, passeamos um pouquinho, apesar do tempo horroroso..

Busão para o aeroporto, embarque para Londres. Aqui eu faço uma pausa, por que na boa, viu..

Eu chego no aeroporto, na parte da imigração e daí tem essa mulher, jovem, indiana, com indian accent e me pergunta da forma mais antipática possível o que é que eu vou fazer em Londres, onde eu aprendi inglês, o que é que eu fui fazer no Canadá e onde é que eu ia ficar... Juro, ela tinha um tom PÉSSIMO... E fui muito: Ah, tá, vc pode imigrar para deixar pra trás o seu país imundo e tosco e eu não posso sair do meu??? Em quantas línguas vc sabe dizer ME POUPE?????

Depois disso, chegamos na estação, rolou um momento mágico por estar em Londres, trem para o centro, metrô ( 4 libras, pelamôr, viu) e, finalmente, albergue. Busca por Mc Donald's, lojas fechadas e ruas muuuito glam..

Gente, AMEI LONDRES!!!!!!!!!!!!!

Sim, o Lapa estava certo esse tempo todo!!!! Meu, a cidade é muuuuuuuuito linda, muito rica, muito glam... Tem metrô para todos os lugares, as ruas são largas, limpas, organizadas.. Os prédios são lindos, muito bonitos mesmo.. Ameeeeeeeei.. Fora que tem umas mil coisas diferentes pra fazer por quarteirão. Eles têm anúncios em toda parte de shows, peças, filmes, exibições..... Enfim, fora as lojas muuuuuuuito glam.. Sério, tive uns flashbacks de Sex and the City.. Miu Miu, Chanel, Gucci, Prada,  Jimmy Choo..... Meu deus aquela Carrie tinha uma vida boa!!!! Chiliques consumistas em frente às lojas fechadas...

Enfim, continuando...

À Noite, decidimos ir numa tal de The Fabric que é, supostamente, uma das "melhores" baladas do planeta terra... Bom, certo.. O lugar é bem legal, tem três ambientes grandes e tem um look suuper underground, MAS... O povo é feio, não usa desodorante na medida certa e fica viajando com a música eletrônica que não é muito a minha.. Ainda mais considerando que a galera estava triloca com drogas e talz.. Mas também, só assim, porque eu nem tava feeling a música complementada por uns sons bizarros que o cara ficava "cantando", como se fosse uma outra língua... A galera se esticava parra tocar na mão dele... Affffff eles estavam REALMENTE feeling it... Acho que valeu conhecer e talz... Talz..

O André chegou de madrugada, depois de alguns probleminhas técnicos..

Domingão.. Descansamos até mais tarde um pouco, saímos para uma feirinha "suuuper underground" onde tinha umas saias de bailarina de cores berrantes para usar por cima da roupa.. Uhuuuu... Ou não, né.. hahhahahaha

Apesar disso, comi um waffle genial, almoçamos no KFC (I heart gordura trans!!!!)  e rodamos um pouquinho por ali.. 

Depois do almoço partimos para os pontos turísticos.. Foi meio corrido, mas não tinha como ser de outro jeito... Dois dias em Londres não dá pra ver muita coisa. Apesar disso, deu pra ver o básico... Gente, o relógio grande é o MÁXIMO!!!! Novamente, eu achava que era só um relógio grande, mas é realmente demais!!!!!


Bom, depois disso rolou aquela voltinha básica pela rua Glam que tem as lojas legais, só que não tinha muito tempo, de modo que eu nem fiz comprinhas enlouquecidamente... 

Jantamos em uma pizzaria super gracinha, voltamos para o hotel para nos trocarmos e aqui eu faço outra pausa.

Certo, chega essa menina com uma capa/poncho preto e um turbante no meu quarto para ocupar a cama que estava vazia. Bom, eu estava no quarto de costas pra ela e a Myla na minha frente e o André do meu lado. Nós estávamos conversando quando, de repente, a Myla arregalou os olhos e o André começou a dar risada. E eu tipo:"Gente, que foi?"Bom, aparentemente, por baixo da capa solta e aberta da mulher, ela não estava usando nada. Nada mesmo, de modo que rolou um boob show. A Myla ficou impaciente e quis sair. Como o André achou que a mulher talvez quisesse privacidade para trocar de roupa, ele saiu também. Eu tinha que colocar umas coisas na bolsa ainda... Bom, quando eu saio, encontro os dois se mijando de rir porque, aparentemente, a mulher saiu e foi conversar com eles. Sim, com a peitaria de fora. Ela disse que era da Jamaica, da Igreja Universal do Reino de deus e que eles pareciam muito saudáveis e que tinham o cabelo bonito. Perguntou se eles usavam Pantene, porque quem usa Pantene geralmente tem o cabelo bonito.

Enfim, depois disso saímos para um Pub perto do hostel, que eu ameeeeei btw. Depois ainda visitamos a London Bridge que não tem esse nome, mas enfim e pegamos chuva na volta.

Chegue exausta no hostel querendo tomar banho, mas quando eu entro no quarto, o banheiro está alagado e tem uma bolsa com roupas segurando a porta. Táquipa. Decidi tomar banho no banheiro coletivo. Já estava tarde quando eu voltei para o quarto, mas quando eu entrei a mulher da porcaria da Jamaica estava lavando a porcaria das roupas dela na pia do banheiro e passando alguma coisa, não sei se nas roupas ou no cabelo, que tinha um cheiro horrível.... Ela ficou fazendo isso a madrugada inteira, sendo que eu tive que acordar às quatro para ir para o aeroporto. 

Não acaba por aí, né? Saímos eu e o André, em plena madrugada londrina, para irmos até a estação de onde sai o ônibus que leva até o aeroporto. Chegando lá, não encontrávamos a droga do ponto e estávamos meio atrasados porque deu um probleminha no metrô. Quando finalmente encontramos, eu fui perguntar para o motorista sobre o bilhete:

- Hi, where do we buy de tickets??
- Tíquete
- Yes, where do we buy the tickets? 
Ao que ele respondeu fazendo uma forma retangular com as mãos:
- Tíquete
- Do you SELL the tickets?
- Tíquete
- We don't have, do YOU SELL??
- Waite, waite..

Nisso chegam uns italianos e o tiozonho começa a gastar o italiano dele. 
Quando finalmente ele decide nos atender, ele pega um bloquinho com duas partes destacáveis e diz pra mim:
- One fore you, one fore me
Lá pelas tantas, o André, já sem paciência com o cara que de repente ficou olhando para o bloquinho sem dizer nada, diz:
- Yes, one for me! 

O cara entra no ônibus com deus sabe lá quantos minutos de atraso e diz em inglês que nós vamos ao aeroporto. Daí ele olha para os italianos, ri e diz a mesma coisa em italiano. E daí em espanhol. E daí ele pergunta "arabic? Somalia?No??". Não satisfeito, ele liga uma rádio que toca James Blunt na maior altura... Seguido de alalalalon, alalalalon...

Embarque corrido, sem tempo para duty free...

Conto sobre Dublin no próximo pq isso já está gigante...

Besos para todos..

1 de nov de 2008

Getting old, girls..


Parabéns para as minhas queridas!!!!!! 

Nãx, miss'ya, babe..

Mafê, lindona, não consegui falar com você no skype.. Entra quando der, tá?? Quero te dar parabéns direitinho..

Um googleplex de beijos para vcs!!!